Cultivo de hortaliças: conheça práticas essenciais para alta produtividade

Hortaliças

Para além das culturas tradicionais que se fazem presente na grande maioria das propriedades voltadas ao agronegócio, o cultivo de hortaliças também pode ser uma prática capaz de trazer boa rentabilidade, especialmente para os produtores rurais com área menor para a plantação.

O cultivo desses vegetais deve buscar o mais elevado padrão de qualidade, uma vez que o produto será transportado e ficará nas prateleiras até ser adquirido pelo consumidor final. O tamanho, o aspecto e a viscosidade são fatores que precisam ser levados em consideração, afinal influenciam diretamente na qualidade final.

Neste artigo, vamos apresentar boas práticas de cultivo de hortaliças que vão te ajudar a garantir alta produtividade e qualidade em suas verduras e legumes. Acompanhe!

 

Práticas essenciais para o cultivo de hortaliças

Cultivar hortaliças parece ser uma tarefa mais simples, em comparação com grandes culturas, como a soja ou a cana de açúcar. No entanto, assim como qualquer outro tipo de cultura, elas precisam de práticas de manejo adequadas para garantir o resultado esperado. Conheça as principais técnicas!

Preparo dos canteiros

A grande maioria das hortaliças precisam ser semeadas em canteiro fechado  ou até mesmo em bandejas antes de passarem para um local definitivo. O canteiro de semeadura ou sementeira é feito e adubado da mesma forma que o canteiro de cultivo. O solo deve estar bem destorroado para permitir que as sementes nasçam com facilidade e possam se desenvolver de maneira saudável.

Os canteiros devem ter pelo menos meio palmo de altura (cerca de 11 cm), 1,20 m de largura na base e 1 m de largura na crista. Garantir a altura ideal é fundamental para proteger as hortaliças da umidade e, assim, evitar doenças que possam acometer as plantas.

Correção do solo

O transplantio – da sementeira para o local definitivo – é feito quando as mudas tiverem de quatro a seis folhas, o que ocorre cerca de 20 a 30 dias após a semeadura. Contudo, antes de passar as hortaliças para o solo definitivo, é preciso prepará-lo para permitir o correto desenvolvimento das plantas.

O solo ideal para o cultivo de hortaliças deve leve, fofo, poroso, bem drenado, arejado e rico em matéria orgânica. No caso dessa última característica, é preciso utilizar fertilizantes diferenciados e com alta tecnologia, que irão garantir excelente qualidade e produtividade.

Alguns sinais de que o solo precisa se correção podem ser observados na própria planta. Conheça os principais sinais de deficiência nutritiva:

  • Cálcio: folhas novas sem crescimento e retorcidas.
  • Nitrogênio: folhas superiores com cor verde claro e folhas inferiores amareladas.
  • Carbono: manchas brancas nas folhas e crescimento atrofiado.
  •  Fósforo: folhas mais escuras que o normal e perda de folhas.
  •   Ferro: folhas novas em tons amarelados e brancos, com veios verdes.
  •  Potássio: bordas e pontas amarelas, especialmente em folhas mais novas.
  •   Manganês: pontos amarelos e buracos nas folhas entre os veios.
  •  Magnésio: folhas mais baixas ficando amareladas de fora para dentro.

Controle de pragas e doenças

O cultivo de hortaliças está muito sujeito ao ataque de pragas e doenças. A produção de culturas satisfatórias requer medidas rigorosas de controle para evitar que esses males atinjam a plantação. O rendimento das culturas pode ser reduzido por ataque de doenças ou insetos, e quando as plantas são atacadas em um estágio inicial de crescimento, toda a colheita pode ser perdida.

É preciso procurar por produtos no mercado, recomendados de acordo com a hortaliça que você está cultivando. Geralmente, esses produtos são bem menos agressivos do que os utilizados em larga escala no cultivo de culturas mais tradicionais.

Irrigação

De maneira geral, o ideal é regar os canteiros uma vez por dia, bem cedo ou à tardinha, deixando-os bem úmidos,  mas sem encharcar o solo. Os dois tipos de irrigação terrestre geralmente adequados para vegetais são irrigação de superfície e irrigação por aspersão. Um local nivelado é necessário para a irrigação da superfície, na qual a água é transportada diretamente sobre o campo em valas abertas a uma velocidade lenta e não erosiva.

Onde a água é escassa, podem ser usados ​​dutos, eliminando as perdas causadas por infiltração e evaporação. A distribuição da água é realizada por várias estruturas de controle, e o método de sulco de irrigação de superfície é freqüentemente empregado, porque a maioria das hortaliças é cultivada em fileiras.

Condições climáticas

Existem hortaliças que são mais adequadas para climas secos, outras para regiões mais chuvosas. Por isso, é essencial conhecer muito bem as condições climáticas da sua região e as hortaliças que mais se adequam ao local em que você se encontra.

A maioria das hortaliças prefere climas amenos. Geralmente, climas muito frios retardam ou comprometem seu crescimento, mas com os cuidados adequados é possível obter resultados satisfatórios durante as estações mais frias, como outono e inverno. Conheça as principais hortaliças que podem ser cultivadas durante essas épocas:

  • Alface
  • Rúcula
  •  Agrião
  • Couve
  • Salsa

Por outro lado, outras hortaliças são típicas de climas quentes. No entanto, é necessário tomar cuidado, pois temperaturas excessivamente elevadas podem comprometer o cultivo da planta. De maneira geral, as hortaliças que melhor se desenvolvem no verão e primavera são: .

  • Berinjela
  • Quiabo
  • Batata-doce
  • Pepino
  • Coentro
  • Abobrinha
  • Abóbora

 

A importância dos fertilizantes

Embora a maioria das verduras e dos legumes aceitem bem vários tipos de solo, a fertilidade é fator essencial para o vigor das plantas. Como já citamos anteriormente, o uso de fertilizantes de qualidade e com alta tecnologia contribuem para que as hortaliças possam absorver os nutrientes essenciais ao seu desenvolvimento, resultando em plantas sadias, com mais sabor, qualidade e maior durabilidade.

A TMF desenvolver fertilizantes de múltipla ação, capazes de corrigir, construir e manter a fertilidade do solo em todo seu perfil, além de nutrir plantas para alcançar altas produtividades. Todos esses benefícios em um único grânulo, fornecendo nutrientes específicos e essenciais para seu solo e para a sua produção.

A ação dos nossos fertilizantes para o cultivo de hortaliças é extremamente vantajosa, oferecendo um excelente custo-benefício que irá trazer maior produtividade, qualidade e rentabilidade à produção. Conheça melhor nossa tecnologia exclusiva e solicite seu orçamento sem compromisso!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros Artigos