Cultura do trigo: aprenda os principais cuidados para começar sua plantação

cultura do trigo

A cultura do trigo figura como uma das mais cultivadas no agronegócio brasileiro. Em 2019, a produção alcançou a marca de 5,2 milhões de toneladas, segundo dados do IBGE. A grande produtividade tem explicação: o trigo é o segundo cereal mais consumido no mundo, sendo matéria-prima para diversos alimentos e amplamente utilizado na culinária.

Além de atender a demanda do cenário nacional, o Brasil também exporta o trigo para diversos países devido à alta demanda mundial e o cenário estável que o cereal apresenta no mercado internacional. Nesse sentido, a cultura do trigo pode ser uma excelente opção para produtores que desejam aumentar sua lucratividade.

Neste artigo, nós vamos apresentar boas práticas para você realizar o cultivo do trigo de maneira assertiva para garantir maior rentabilidade e produtividade com sua lavoura. Acompanhe!

 

Preparo do solo

A cultura do trigo é considerada bastante sensível e necessita das condições ideais para se desenvolver com qualidade. O primeiro passo é realizar a análise do solo para determinar quais serão os insumos mais adequados a serem utilizados, e assim identificando também possíveis deficiências e o que precisa ser corrigido. Além da correção de nutrientes, acidez e outros elementos, é importante que o solo não seja compactado e mal drenado.

Neste cenário também é importante destacarmos os sistemas de plantio adotado com destaque para o sistema de plantio direto onde não há revolvimento de solo mantendo assim os bons níveis de M.O. além de manter a estruturação física do solo.

 

Semeadura

Por ser sensível, o trigo precisa ser plantado no solo limpo, sem a presença de ervas daninhas. Antes da semeadura, é importante fazer um bom manejo de cobertura do solo para que, no momento do plantio, o trigo possa encontrar as condições favoráveis para seu crescimento e desenvolvimento.

Outro fator a se observar é o espaçamento entre as sementes de trigo. Para o plantio de trigo na linha – que é o método mais comum – geralmente são indicados:

  • Espaçamento entre linhas de 17 a 20 cm;
  • Densidade média de 200 a 400 sementes por m²;
  • Profundidade de semeadura de 2 a 3 cm.

OBS: procurar observar sempre as indicações técnicas de cada cultivar fornecidos pelas obtentoras da genética.

 

Condições climáticas

Assim como qualquer outro tipo de plantação, a cultura do trigo precisa de condições climáticas ideais para que possa se desenvolver de maneira satisfatória. O trigo é uma planta que necessita de umidade relativamente alta, sendo 70% o índice ideal. No entanto, umidades muito elevadas podem resultar em danos fitossanitários, o que acaba por influenciar negativamente o desenvolvimento dos grãos, principalmente na época de colheita onde o cuidado com a umidade é ainda maior.

As temperaturas ideais de cultivo variam entre 15 e 20ºC. A partir de 26ºC, pode haver comprometimento no desenvolvimento e produtividade da lavoura. Também é importante ficar atento ao zoneamento e regime de chuvas regionais, uma vez que a precipitação auxilia o desenvolvimento da cultura, desde que na medida certa.

A maioria das cultivares de trigo necessita de frio para seu melhor perfilhamento no início de seu desenvolvimento, porem frios tardios no período de emborachamento e espigamento podem prejudicar a produtividade, a maior parte destas cultivares estas adaptadas para cultivo no sul do pais onde seu cultivo no período de inverno é favorecido sendo assim uma menor necessidade de sementes por metro linear em função do perfilhamento. Porem hoje já existe plantios de trigo no cerado brasileiro com cultivares mais adaptadas a estas regiões.

 

Época de plantio

Acompanhar o zoneamento e seguir o calendário agrícola é fundamental para determinar a melhor época de plantio. No cerrado, por exemplo, a época de plantio do trigo sequeiro é de janeiro a fevereiro, enquanto o trigo irrigado deve ser plantado entre abril e maio, já para o sul do pais as áreas de trigo sã cultivadas entre os meses de maio a julho.

Para garantir alta produtividade, é essencial que o plantio seja realizado na melhor época, afinal a escolha errada da data pode resultar em uma colheita de pouca qualidade e rentabilidade. Portanto, não se esqueça de realizar um bom planejamento!

 

Cultivares

Por se tratar de uma cultura sensível, é importante optar por cultivares altamente tolerantes a pragas, doenças e herbicidas. Além disso, deve-se priorizar aquelas com alto potencial produtivo. O melhor a se fazer é sempre escolher sementes que tenham boa adaptabilidade em sua região e preferir a diversificação de cultivares em sua propriedade.

 

Rotação de culturas

A rotação de culturas minimiza infestações de pragas, patógenos e plantas daninhas, incrementa a fertilidade do solo, mantém a cobertura permanente do solo, minimizando a erosão, e viabiliza o sistema plantio direto na palha. Além destes fatores, a rotação de culturas diversifica e estabiliza a produção, contribuindo para a geração de renda adicional e para o aumento de produtividade dos cultivos.

A implementação de sistemas de produção que contemplem a rotação de culturas, também favorece a redução do custo de produção, otimizando a utilização da mão de obra, dos equipamentos e do maquinário disponível na propriedade. Além disso a cultura do trigo é uma excelente opção para realização de rotação de culturas.

 

A importância dos fertilizantes

O nitrogênio é o elemento mais demandado pela cultura do trigo. Para garantir o correto fornecimento de nitrogênio e dos demais nutrientes essenciais, é fundamental utilizar  fertilizantes de qualidade e com alta tecnologia para garantir uma plantação produtiva e rentável.

A TMF possui em seu portfólio fertilizantes de múltipla ação, capazes de corrigir, construir e manter a fertilidade do solo em todo seu perfil, além de nutrir plantas para alcançar altas produtividades. E que potencializam os efeitos dos fertilizantes NPK. Todos esses benefícios em um único grânulo, fornecendo nutrientes específicos e essenciais para seu solo e para a sua produção.

A ação dos nossos fertilizantes para o cultivo de trigo é extremamente vantajosa, oferecendo um excelente custo-benefício que irá trazer maior produtividade, qualidade e rentabilidade à produção. Conheça melhor nossa tecnologia exclusiva e solicite seu orçamento sem compromisso!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros Artigos