Conheça a importância da fixação do fósforo para plantas

fósforo para plantas

O fornecimento de fósforo para plantas representa um dos principais limitadores de produção nas lavouras, independente da cultura cultivada. Os solos brasileiros apresentam baixa concentração desse nutriente, exigindo maior preparo dos produtores para corrigir o problema e garantir uma colheita produtiva.

O fósforo (P) é considerado um macronutriente primário e é essencial para o sucesso da lavoura por estar diretamente relacionado ao desenvolvimento e crescimento da planta. É por isso que a deficiência de P ocasiona uma limitação direta na produção.

O fósforo nos solos brasileiros

A intemperização dos solos devido às condições climáticas resultam em uma elevada presença de óxido de ferro e alumínio, além de baixa fertilidade natural. O fósforo é fixado nesses óxidos, fazendo com que o nutriente fique indisponível para a absorção das plantas.

Para se ter uma ideia, menos de 0,1% do fósforo presente no solo encontra-se disponível para absorção pelas plantas. A deficiência de fósforo causa, sobretudo, plantas pequenas, número reduzido de frutos, atraso no florescimento e folhas velhas com coloração arroxeada.

Por outro lado, solos com maiores teores de matéria orgânica (MO) apresentam quantidades significativas de fósforo. A MO também evita a formação de fosfato de ferro, uma forma fixada que não é absorvida pela planta.

Fornecimento de fósforo para as plantas

Para uma produção lucrativa e com alta produtividade, é necessário que o fornecimento do fósforo – assim como dos demais nutrientes – seja feito de maneira adequada. Normalmente, apenas 20% a 30% do fósforo aplicado como fertilizante é aproveitado pelas culturas anuais em solos tropicais.

Essa explicação se deve ao fato de que o nutriente possui grande capacidade de se fixar a outros elementos, tornando-se insolúvel. Por isso, é recomendado a aplicação de quantidades que, em geral, superam as extrações das culturas.

No Sistema de Plantio Direto (SPD), o fornecimento de fósforo para plantas é ainda mais problemático, já que o contato do nutriente com colóides organo-minerais é reduzido, o que provoca diminuição das reações de adsorção.

A adubação fosfatada no no SPD tem implicações específicas, principalmente em áreas já estabilizadas e com muitos anos de adoção desse sistema. Em áreas com mais de seis anos de implantação do SPD, é possível obter um uso mais eficiente do fósforo para plantas, sobretudo em virtude do aumento e estabilização dos estoques de matéria orgânica do solo. 

Vale lembrar que a eficiência de absorção de fósforo para plantas depende de uma série de fatores, como a interação entre o teor de P no solo, a dose de P, o volume de solo fertilizado e a capacidade de adsorção do solo. 

Nesse sentido, à medida que aumenta o teor de P na camada superficial do solo, a adsorção diminui, permitindo que doses menores do nutriente misturadas com menores frações do solo tornem-se mais eficientes.

Época de aplicação e doses recomendadas 

A aplicação de fósforo deve ser feita em solos com o pH em torno de 5,5 a 6,5. A aplicação deve ser realizada, de preferência, durante a semeadura ou plantio, devido à exigência de energia demandada para garantir o crescimento e desenvolvimento saudável da planta.

A adubação deve ser feita ao lado da semente ou abaixo da mesma, também de aplicação de arranque. Em se tratando de fosfatagem corretiva, a aplicação é realizada em área total com incorporação. Já na adubação de manutenção, realiza-se de forma localizada no solo, próximo à região das raízes.

A quantidade de adubação necessária varia de acordo com a condição do solo e a produtividade desejada. Ou seja, para obter maiores produtividades também é necessário realizar maiores aplicações.

Além disso, a dose recomendada também depende da cultura a ser cultivada. A cultura do milho, por exemplo, exige 10 kg/ha para uma produção estimada de 1 t/ha.

Conte com os fertilizantes TMF

A TMF utiliza tecnologia exclusiva para oferecer fertilizantes de múltipla ação, capazes de corrigir, construir e manter a fertilidade do solo em todo seu perfil, além de nutrir plantas para alcançar altas produtividades.

Nossa linha de produtos é específica para cada situação determinada a partir da análise de solo, proporcionando plantas mais resistentes, robustas, com maior volume de raízes para maior absorção de nutrientes.

Em relação ao fósforo, nossos fertilizantes aumentam a disponibilidade do nutriente retido no solo, disponibilizam fósforo remanescente para a solução do solo e potencializam a absorção do nutriente pela planta.

Além disso, os fertilizantes TMF oferecem uma série de benefícios para aumentar a qualidade e produtividade da sua lavoura com um excelente custo-benefício. Conheça nossos produtos e solicite um orçamento sem compromisso com um de nossos consultores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros Artigos